segunda-feira, 9 de junho de 2014

JARDIM JAPONÊS, UM ESTILO DE JARDIM


Não sei sabem que existem vários estilos de jardim:
Jardim Tropical, jardim desértico, jardim italiano, jardim francês, jardim inglês, jardim japonês, jardim indiano e, é claro este nosso jardim virtual !!!
Escolhi fazer um post sobre o jardim estilo japonês porque os que já tive a oportunidade de observar são muito lindos, mas, é claro que gosto não se discute e você pode ter uma opinião totalmente diferente da minha. 

Sabiam que existe um jardim japonês em Buenos Aires? Pois é, existe. Ele foi um presente régio dos imperadores japoneses   Akihito e Michiko  a Buenos Aires por ocasião de uma visita que fizeram à cidade.

A Arte do paisagismo no Japão é antiga e provavelmente originou-se da China e da Coreia muito antes do século VI. Para a cultura japonesa, o paisagismo é uma das mais elevadas formas de arte, pois, consegue expressar a essência da natureza em um limitado espaço de forma harmoniosa com a paisagem local.

No início, esta arte era uma forma de contemplar a Natureza através das mutações das estações do ano. A partir disso, os jardins começaram a desenvolver características próprias, dando destaque para os arranjos de pedras.
O jardim japonês é um convite a contemplação, transmite paz e espiritualidade.

 Os aspectos visuais como a textura e as cores, em um jardim oriental são menos importantes do que os elementos filosóficos, religiosos e simbólicos. Estes elementos incluem a água, as pedras, as plantas e os acessórios de jardim.
Nos jardins japoneses, tudo tem um significado..Alguns elementos são fundamentais no jardim japonês.


Imagem Google

Nesta fotografia de um jardim japonês temos  os elementos:
Nascentes d'água e lagos que simbolizam o acúmulo de experiência da vida e água simboliza renovação constante.
O lago e as carpas são outros elementos que também possuem  seu simbolismo. A água  é vida, daí a importância do lago. Nele, vivem as carpas, símbolo de fertilidade e prosperidade. 
Podemos ver também a árvore acer vermelho com suas cores exuberantes e algumas rochas.


                                                         Imagem Google

 A ponte vermelha que está sempre presente nos jardins japoneses  simboliza o caminho ao paraíso.  Num jardim japonês, tudo é  criado para que encontremos o equilíbrio e a paz para que possa aflorar o espírito que existe em cada um de nós.

Recapitulando:  Elementos fundamentais num jardim japonês:
  • O Sakura ou cerejeira ornamental, que é conhecido como a flor da Felicidade e assume um lugar importante na cultura japonesa. Nos meses de Março a Abril o povo festeja o Hanami para comemorar a sua floração com muitas festividades.
  • O Momiji-Gari ou Acer Vermelho, que revela um aspecto melancólico e reflexivo da personalidade japonesa.
  • As lanternas de pedra que induzem à concentração, ajudando a clarear a mente, adicionando o místico, a tradição e a espiritualidade. Os pontos de luz devem ser estrategicamente distribuídos para não ofuscarem a visão.
  • O lago e as carpas: água é vida, daí a importância do lago. Nele, vivem as carpas, símbolo de fertilidade e prosperidade.
  • Taiko Bashi ou ponte: Uma ponte ou um caminho dentro de um jardim, representa uma evolução para um nível superior em termos de amadurecimento, engrandecimento e auto-conhecimento, enquanto a flexibilidade do bambu, conduz a capacidade de adaptação e mudança.
  • As pedras das cascatas: o centro do jardim. A pedra colocada na posição vertical representa a figura do pai, e a da horizontal, a mãe, dela, brota a água. As outras pedras, simbolizando os descendentes, são distribuídas em torno do lago e entremeadas pela vegetação.
  • O bambu e os adornos: os galhos do bambu são amarrados, direcionando o crescimento para que a planta se curve para o lago, como em reverência. O sino de vento e os macacos de cerâmica, fixados na planta, trazem o som da natureza e a felicidade.



Caso você decida ter um jardim japonês as plantas sugeridas são:
  • Tuias
  • Ciprestes
  • Azaléias
  • Ácer-vermelho
  • Bambú
  • Bambú-negro
  • Olmo
  • Ligustro
  • Nandina
  • Bambuzinho-de-jardim
  • Roseira
  • Pinheiros
  • Rododendro
  • Junípero
  • Buxinho
  • Cerejeira-ornamental
Isso, se você dispuser de um espaço bem considerável. Mas, se este não for o caso você poderá fazer uma miniatura de jardim japonês no quintal ou jardim de sua casa que, nem por isso deixará de possuir todos elementos filosoficamente importantes. Abaixo você verá uma fotografia para inspirá-lo nesta tarefa prazerosa.







Gostaram do passeio neste jardim japonês? Então assistam este vídeo que apresenta vários tipos de jardim japonês.


Nenhum comentário:

Postar um comentário