sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Scadoxus multiflorus ou estrela de natal

Foto de http://www.bihrmann.com/caudiciforms/
Foto de Roland zh

Foto de Irinka A. (Irina Alfyorova) 28 de janeiro de 2006

  • Nome Científico: Scadoxus multiflorus
  • Sinonímia: Haemanthus multiflorus, Haemanthus tenuiflorus, Haemanthus katharinae
  • Nome Popular: Lírio-sangu-salmão, estrela-de-natal, coroa-imperial, diadema-real
  • Família: Amaryllidaceae
  • Divisão: Angiospermae
  • Origem: África
  • Ciclo de Vida: Anual

Como diz o nome, a estrela-de-natal é uma planta especial. Bulbosa, acorda no início do verão com uma inflorescência esférica composta por muitas flores pequenas e vermelhas. Presenteia-nos anunciando o Natal que se aproxima. Suas folhas são largas e levemente onduladas nas bordas. É uma planta bastante original, e fica muito bem em vasos ou em maciços e bordaduras.
  Deve ser cultivada em substrato rico em matéria orgânica a meia-sombra, com umidade. Podemos tirar os bulbos após o final do ciclo para plantá-los no final do inverno ou deixá-los sob a terra. Multiplica-se através da divisão dos bulbos. Atenção, esta planta é considerada planta tóxica.
Este membro da família Amaryllidaceae recebeu este nome de Constantine Samuel Rafinesque em 1836. É encontrado na África do Sul, Suazilândia, Moçambique, Zimbabwe, Namíbia e Botswana, que crescem em  solos bem drenados, com um pouco de água e sol. A inflorescência vai crescer até cinco centímetros de diâmetro, as folhas até 70 centímetros de comprimento. As flores são rosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário