terça-feira, 30 de outubro de 2012

O JARDIM DE THOMAS JEFFERSON (MONTICELLO)




http://irina-usa.blogspot.com.br/2011/10/monticello-university-of-virginia-home.html
http://irina-usa.blogspot.com.br/2011/10/monticello-university-of-virginia-home.html
Inverno em Monticello (Fonte: http://abrangente.blogspot.com.br/2005_12_01_archive.html)

http://irina-usa.blogspot.com.br/2011/10/monticello-university-of-virginia-home.html



 Monticello e’ uma propriedade localizada perto de Charlottesville, no estado da Virginia. A casa foi desenhada por Thomas Jefferson, o 3o Presidente dos Estados Unidos e principal autor da Declaração da Independência do pais. A sua inspiração foi fruto do seu fascínio pelos princípios neoclássicos descritos nos livros do arquitecto Renascentista italiano Andrea Palladio. Monticello significa “pequena montanha” em italiano.

Esta propriedade possui, além dos seus jardins com grande variedade de flores, árvores frutíferas e hortas. Pelo que apreciamos do seu legado Jefferson era um grande apreciador da jardinagem em seu sentido mais amplo, e costumava usar para seu consumo tanto as frutas quanto as hortaliças.
Jardins de escravos eram uma parte integral da plantação. Escravos vendiam os seus produtos e recebiam pagamento e experiência dos negócios como resultado do seu trabalho no campo e criação de galinhas. Há registros que a própria família
 Jefferson comprava estes produtos aos seus escravos. Era sabido que Jefferson não concordava com a escravatura e que, apesar não lhe ter visto o fim em vida, tratava melhor os seus escravos do que a maioria dos 
senhores.
Um polímata, Jefferson se destacou, entre outras coisas, como horticultor, líder político, arquitetoarqueólogopaleontólogomúsicoinventor e fundador da Universidade da Virgínia.
Os jardins de sua propriedade tiveram um grande declínio após sua morte, entretanto, foram recuperados
 
por Uriah Levy que visitou pela primeira vez, em 1825, a vasta propriedade na Virgínia que poucos anos antes pertencera a Thomas Jefferson, o terceiro presidente americano – um homem que ele admirava profundamente –, ficou chocado com o seu estado de degradação. Outrora imponente, Monticello estava virtualmente em ruínas.
Apostado em conservar aquele que considerava ser um marco fundamental da história do país, Uriah comprou Monticello no ano seguinte, restaurando a mansão de Jefferson e abrindo-a ao público. O grande apreço que sentia por Jefferson tinha uma explicação: Uriah Levy era judeu – descendente de judeus portugueses – e a tolerância religiosa que Jefferson imprimira na matriz constitucional americana permitia aos judeus poderem desfrutar na América de uma liberdade que até então nunca tinham alcançado em qualquer outro país.
“Thomas Jefferson foi um dos mais importantes homens da História, que fez tanto para moldar a República de forma a que a religião de um homem não o impedisse de exercer uma carreira pública”, escreveu Uriah Levy.


No site oficial :
http://www.monticello.org/site/house-and-gardens/gardens-and-grounds-image-gallery
o leitor poderá encontrar informações detalhadas e até fotos de todos os tipos de flores que estão plantadas em seus jardins.

Fontes:
http://irina-usa.blogspot.com.br/2011/10/monticello-university-of-virginia-home.html

http://www.monticello.org/site/house-and-gardens/gardens-and-grounds-image-gallery

http://pt.wikipedia.org/wiki/Thomas_Jefferson

http://ruadajudiaria.com/index.php?p=ffqjjantzgsavi&paged=28


2 comentários:

  1. Obrigada por compartilhar tamanha beleza.
    abraços

    ResponderExcluir
  2. Eu é que fico muito feliz e agradecida por sua presença Bete. Um grande abraço.

    ResponderExcluir