quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Trepadeira sete léguas



bonsai com a trepadeira sete léguas ?







Na primeira vez que tive um jardim, plantei duas trepadeiras, e uma delas era a sete léguas. Fiquei encantada com a beleza e a delicadeza de suas flores. Depois precisei me mudar para apartamento e não tive mais a beleza desta plantinha. Agora, que voltei a morar em casa, já encomendei uma muda que deve chegar por estes quinze dias. Por enquanto vou me contentando com estes exemplares dos Jardins de Agharta.



Nome científico:Pandorea ricasoliana
Nome popular: Sete léguas.
Família: Bignoniaceae
Origem: Austrália
Porte: Até 4 metros de altura.
Flores: Primavera-Verão.
Características: Trepadeira cipó, semi-lenhosa, de folhas perenes, cultivada a pleno sol. Reveste cercas, grades e caramanchões. Não tolera geadas.
Propagação: Por estacas cortadas no fim do inverno.




Com origem na Austrália e pertencente à categoria das trepadeiras lenhosas, a Sete-Léguas é uma planta de crescimento rápido que possui ramos longos, finos e ramificados, podendo atingir de 04 a 10 metros de comprimento quando adulta.

Suas folhas são compostas e possuem uma coloração verde-brilhante. As flores nascem em cachos sendo grandes, com perfume e de cor rósea com nervuras em tons de vermelho. As estações que são mais propícias para que essa planta floresça são o verão e a primavera.

O cultivo da Sete-Léguas deve ser feito em ambientes ensolarados e com solo fértil enriquecido com adubo. Adapta-se perfeitamente ao litoral e não tem muita tolerância às geadas.

Nessa última situação, ela perde a folhagem, mas consegue recuperar-se com o tempo. As regas regulares também se fazem necessárias, devendo ser feitas nos primeiros meses em seguida ao plantio e 1 vez a cada 15 dias, caso não chova.

 As Sete-Léguas multiplicam-se por estaquia da ponta dos ramos, mergulhia e raramente por sementes, sendo o espaçamento ideal entre as plantas de 70 cm para o plantio. Uma única poda ao ano (no inverno) ajuda a estimular uma floração intensa além de controlar o crescimento demasiado das folhagens.

Também conhecida como trepadeira cipó, essa planta é bastante utilizada para adornar suportes grandes e fortes como grades, muros e pórticos, compondo, assim, uma bela e florida cortina sobre eles.

Combinar a Sete-Léguas com outros tipos de plantas como arbustos com formas definidas, folhas mais escuras ou flores de outros tons deixa a decoração ainda mais elaborada e atrativa.

Vale ressaltar que por não ser uma planta de cultivo interno, ela é uma planta muito rústica e vigorosa, o plantio próximo a telhados pode levar ao afastamento das telhas. Tomando esses cuidados, tenha certeza que sua casa ficará mais bonita e ainda receberá a visita dos pássaros que serão atraídos pela Sete-Léguas.
Fonte:

http://www.flores-online.com
http://www.lovers-poems.com
google images

Um comentário:

  1. Acho que temos algo em comum...
    Meu primeiro jardimti há uma sete léguas, que eu adorava...Agora que estou novamente numa casa,plantarei outrapra matar a saudade.
    Um abraço.

    ResponderExcluir