quarta-feira, 22 de agosto de 2012

A MARANTA E SEUS MISTÉRIOS

http://terradeflores.blogspot.com.br/2010/03/transplantacao-maranta.html
Fonte da imagem: http://www.claudiacasella.blog.br/?p=115

A natureza usa todos os mecanismos possíveis para preservar suas criaturas. Um dos fenômenos mais curiosos ocorre com a maranta, planta brasileira descoberta em 1875 e dedicada ao botânico Bartolomeo Maranti,  botânico veneziano do século XVI, 

Esta planta possui um sistema de células que se deslocam no ponto de junção do pecíolo e da folha, para orientar a lâmina foliar de modo a receber o máximo de luz. Assim, durante o dia as folhas da maranta ficam dispostas horizontalmente, ao contrário do período da noite, quando elas se levantam e se fecham.


Algo parecido ocorre como o girassol cujas inflorescências estão sempre voltadas para a luz solar.

Vejam só, isso não deveria ser causa de espanto ou admiração... Durante sua evolução cada ser vivo procura a melhor forma de tirar o máximo que podem para estar sempre melhorando seu modo de desempenhar suas funções, com vistas à sua preservação e evolução.

É um gênero que apresenta aproximadamente 30 espécies herbáceas e perenes distribuidas por todos os habitats úmidos das regiões tropicais.

São plantas que podem alcançar até 50 cm de altura, de folhagem vistosa, com folhas grandes, oblongas, variegadas, manchadas segundo a espécie e variedade em tons verdes, vermelhos ou creme, de textura aterciopelada e brilhante, com nervuras muito evidenciadas. Possuem raizes tuberosas.
Tem fase foliares de cor diferente, peciolo longo, flores assimétricas aos pares (reflexo espelho), dísticas. O fruto apresenta sementes com arilo.

Classificação:
Reino:Plantae
Divisão:Magnoliophyta
Classe:Liliopsida
Ordem:Zingiberales
Família:Marantaceae
Género:Maranta

araruta (Maranta arundinacea), espécie do gênero Maranta, é uma erva cuja raiz tem fécula branca que é alimentícia. Também é conhecida como agutiguepeararuta-caixultaararuta-comumararuta-especialararuta-giganteararuta-palmeiraararuta-raiz-redondaararuta-ramosaembiri e agutingue-pé.

Segundo a sabedoria popular, a araruta tem vários usos medicinais, mas é na culinária que o uso desta planta se destaca, recomendada para pessoas com restrições alimentares ao glúten (doença celíaca). Considerada como um alimento de fácil digestão, a fécula da araruta é usada no preparo de mingaus, bolos e biscoitos. 

Por esta característica, é indicada para idosos, crianças pequenas e pessoas com debilidade física ou doentes em recuperação. Também pode se produzir papel com a araruta.

Encontra-se em processo de extinção devido ao fato de a indústria alimentícia ter substituído o polvilho de araruta pelo de mandioca ou pela farinha de trigo ou milho, prejudicando, assim, o cultivo daquela planta. 

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária e Agrobiologia tem feito um trabalho de resgate da araruta em sua Fazendinha Agroecológica Km 47, onde as variedades são cultivadas organicamente.


Maranta arundinacea
Maranta arundinacea

Gostaram da Maranta? Esta plantinha além de bela e decorativa é

muito útil também.

Fonte: wikipédia

2 comentários:

  1. Linda e com lindas cores.
    obrigada por compartilhar
    abraços

    ResponderExcluir
  2. Você, sempre atenciosa e delicada, obrigada sempre. Um abraço.

    ResponderExcluir